Porque decidi me tornar um Empreendedor Digital

Capa do livroAntes de descrever porque decidi me tornar um Empreendedor Digital, convém contar o porquê de ter entrado nesta área.

Se você já leu meu livro “À procura da felicidade” deve saber o nível de sucesso que já havia atingido antes de dar início a minha jornada como Empreendedor Digital. Deve saber também que eu estava insatisfeito com este nível de sucesso.

Mas caso você não tenha realizado a leitura deste livro, vou explicar melhor.

Quando ocorreu meu primeiro “insight”, ou seja, no dia que entrei em um site de cozinha internacional, tendo meu primeiro contato com preparações que nunca havia ouvido falar, foi o momento que tive a minha grande idéia, a minha verdadeira visão de futuro, o meu primeiro contato com meu verdadeiro talento e falei para mim mesmo: “Paulo, você vai montar um restaurante!” Ou seja, meu objetivo inicial era apenas montar um restaurante.

Com o passar do tempo, cheguei a conclusão de que estava pensando pequeno e ampliei este objetivo para três restaurantes, a construção de uma casa de dois andares com piscina e a compra de dois carros de passeio, num prazo de dez anos.

Após muito trabalho – descrevo esta trajetória no livro –, depois de 9 anos, tinha o seguinte: 01 restaurante que atuava com buffet apenas no almoço, no qual os equipamentos e utensílios eram meus, mas pagava aluguel do imóvel – apesar de que alguns meses atrás tinha mais um restaurante em um clube de campo, no qual os equipamentos e utensílios não eram meus e funcionava em regime de concessão de uso, com contrato por tempo determinado –; um carro de passeio e um utilitário totalmente quitados; e uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e uma garagem, totalmente paga.

Como você pôde perceber, já estavam quase chegando os dez anos estipulados e eu ainda não havia atingido totalmente meus objetivos. Além disso, eu trabalhava diariamente das 07:00 às 18:00, de segunda à sábado. Isto porque, neste momento, estava cuidando somente do restaurante que atuava apenas com buffet no almoço. Mas quando além deste, cuidava também do restaurante do clube de campo, além da carga horária já apresentada, trabalhava nos sábados – cuidando de festas de casamento e aniversários – até próximo às 03:00 da manhã e domingo das 11:00 às 18:00.

Pelos meus cálculos, naquela época, após mais um ano de trabalho, poderia montar mais dois restaurante, comprando equipamentos e alugando imóveis para a abertura dos mesmos, mas a casa de dois andares com piscina e a compra de mais um carro de passeio, parecia mais distante.

Mas a esta altura eu já estava com quase 40 anos e a disposição para o trabalho já não era mais a mesma. Se eu montasse mais dois restaurantes, me tornaria um escravo do trabalho e não era bem isso que almejava para minha vida. Eu queria viajar, conhecer os países dos quais havia estudado a história gastronômica, mas cuidando de três restaurantes não seria possível.

Foi aí que tive meu segundo “insight”. Um domingo à tarde – como já mencionei, a esta altura estava somente com o restaurante que trabalhava com buffet de segunda a sábado, apenas no almoço, pois havia perdido a concessão do restaurante em um clube de campo, mas por outro lado, a vida ficou um pouco mais tranquila –, estava eu assistindo alguns vídeos no youtube e me chamou a atenção uma moça que tinha um vídeo com o seguinte título: “Como vender mais de R$ 400,00 por dia”.

Mandei rodar o vídeo pensando se tratar de venda tradicional e queria ver se a informação seria útil para aplicar em meu restaurante. Mas era venda de info-produtos por meio de um blog.

A moça indicou seu blog, o qual continha um artigo que mostrava como vendia info-produtos. O artigo dizia que para vender era preciso ter um blog. Mas para ter um blog era necessário ter autoridade em um nicho de mercado. Pensei: “isso eu tenho”, ou seja, tinha autoridade na área de gastronomia. Em relação ao nicho, pergunto a você: “quem não gosta de gastronomia?”

Continuei pesquisando sobre o tema e encontrei um vídeo de uma pessoa que faz sucesso no Empreendedorismo Digital, a qual dizia que uma das formas de ampliar a autoridade era publicando um livro.

Foi então que, apesar de grande relutância, resolvi realinhar minhas metas. Quando você define seu objetivo e as metas para atingi-lo é como se você construísse um mapa de onde quer chegar. Mas às vezes ocorre que o mapa que você construiu não está te levando ao lugar correto. Nesta hora é preciso coragem para buscar novas referências e encontrar um novo caminho para atingir seus objetivos.

Mais uma vez, repito, que meu objetivo era “montar três restaurantes, construir uma casa de dois andares com piscina e comprar dois carros de passeio, num prazo de dez anos”.

Após refletir bastante sobre este objetivo, entendi que na verdade, eu queria ter três restaurantes para que fosse possível obter uma renda que me permitisse viajar para os países, os quais havia estudado a história gastronômica, ou seja, Argentina, México, Itália, França, Portugal, Espanha, Alemanha, Grécia, Síria/Líbano e China.

Foi então que surgiu a ideia de trabalhar com Empreendedorismo Digital, ajudando as pessoas com tudo o que havia aprendido ao longo de minha jornada, através de um blog, no qual poderia colocar todo o conteúdo de minhas apostilas de gastronomia, as quais havia criado quando iniciei minha carreira, as quais também poderiam se tornar meus info-produtos.

Surgiu a ideia também de escrever um livro, para, como dizia o Empreendedor Digital citado anteriormente, ampliar minha autoridade em gastronomia, que se refere ao livro “À Procura da Felicidade”. Assim, com a renda obtida poderia viajar, ao invés de ficar trancado nos restaurantes diariamente.

Mas atuar nesta área não seria possível se continuasse a trabalhar em meu restaurante. Assim, tomei uma atitude corajosa da qual até hoje não me arrependo – vendi o restaurante com todos os equipamentos, utensílios e o utilitário. Consegui o dobro do preço que havia pago. Obtive este valor pelo fato de que havia melhorado em muito o restaurante desde quando assumi – conto as mudanças realizadas no restaurante em meu livro – bem como havia um empreendimento na área marítima que estava em fase de construção, mas que traria muito mais movimento ao restaurante.

Então, quando iniciei como Empreendedor Digital, meu patrimônio se resumia a um carro de passeio, uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e garagem, totalmente mobiliada, além do valor em dinheiro que recebi pela venda do restaurante.

Existe um ditado que diz: “a sua medida de riqueza é quanto tempo você consegue viver sem trabalhar”. Então, estipulei um padrão de vida, descrevendo quanto poderia gastar mensalmente com Energia Elétrica, Água e Esgoto, Internet e Telefone, Alimentação, Combustível, e percebi que poderia me manter por quatro anos e alguns meses com o dinheiro arrecadado.

Uma vez livre de todos os compromissos relacionados ao restaurante, iniciei como Empreendedor Digital, trabalhando apenas nesta área. Mas não demorou quatro anos para começarem a aparecer os resultados e consegui atingir todos os meus objetivos.

Leia Também:


Quanto tempo você destina para a família e lazer

Como se tornar um gênio em finanças

Anúncios

Quanto tempo você destina para a família e lazer

o lenhadorHavia nas montanhas canadenses um mestre lenhador, o qual foi procurado por um jovem com ótimo preparo físico, que desejava aprender a cortar árvores com este mestre.

Após algum tempo de aprendizado, o jovem disse que já havia aprendido tudo e era o melhor lenhador do Canadá. Então lançou um desafio ao mestre, no qual delimitou duas áreas com a mesma quantidade de árvores, e quem terminasse primeiro seria o melhor lenhador.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Durante o desafio, inicialmente o jovem, por ter mais disposição, força e velocidade, obteve uma grande vantagem sobre seu mestre. De vez em quando, o jovem percebia que o mestre parava para descansar e pensou que assim ganharia o desafio com grande facilidade.

Entretanto, o sol ainda nem havia se posto por completo no horizonte e o mestre terminava de cortar sua última árvore, restando algumas ainda para o jovem, que surpreso, correu ao mestre e perguntou como isso era possível, já que o mestre parou várias vezes para descansar e ele não havia parado nenhum minuto.

Então, o mestre lhe passou a última lição, dizendo que cada vez que parou para descansar, aproveitava para afiar o machado.

Esta história lembra que não devemos apenas nos concentrar em produzir, produzir, produzir… mas, devemos encontrar tempo para afiar nossos machados, ou seja, reservar um tempo para o lazer, família, planejamento e para obter aperfeiçoamento através de estudos e treinamentos.

Como todos sabem, em meu blog, não apresento apenas receitas e conteúdos de gastronomia, mas também conteúdo relacionado ao tema Desenvolvimento Pessoal. Por isso, gostaria de indicar, nesta área, o E-Book “De zero a herói” de Fellipe Roscelli.

Este livro me ajudou muito e acredito que pode ajudar você também. Vejamos a descrição do E-Book “De zero a herói” feita pelo autor:

Então, você está se sentindo como Peter Parker antes de receber seus super poderes? Você às vezes pensa “Eu queria ser popular e ter mais amigos”. Então este livro é para você!

Mas este não é um livro de auto-ajuda. É um livro de Desenvolvimento Pessoal. E mais: eu estou aqui com você e vou orientá-lo a transformar-se em um Herói. Eu falo metaforicamente, é claro, mesmo que, escalar paredes e voar seja muito legal!

Vamos lá! 

Leia também: 

Só dinheiro não traz felicidade

Como gerenciar todas as áreas de nossa vida

A importância da definição clara de um padrão de vida e rotina para atingir seus objetivos

Rising CoinsConsidero que um dos segredos para se atingir o sucesso profissional e financeiro seja a definição clara de um padrão de vida e rotina, pois além de decidir para onde queremos ir, é importante decidir como queremos ir. Em minha opinião, na definição do padrão de vida é importante considerar que grandes sacrifícios e privações devem ser evitados, da mesma forma que é preciso evitar desleixos e extravagâncias, ou seja, optando-se por uma espécie de meio termo, que mantém a pessoa satisfeita enquanto não atinge seus objetivos.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Além de definirmos metas para atingir o sucesso profissional e financeiro, é muito importante definirmos metas pessoais, pois devemos buscar crescer em todas as áreas de nossa vida.

Em nossa vida sempre temos grandes indecisões. Um planejamento coerente torna mais fácil trilhar nosso caminho de forma correta, e com o decorrer do tempo, realizar alguns ajustes, já que a vida não é estática e apresenta desafios o tempo todo. Neste sentido, um projeto de vida é de grande importância e deve abranger todas as áreas de nossa vida.

Assim, para atingir não apenas o sucesso profissional e financeiro, mas também o sucesso na vida pessoal, se faz necessária a criação de um projeto de vida. Um projeto de vida possibilita visualizar melhor os caminhos a serem seguidos, conforme nossos valores, pois são eles que direcionam nossas vidas, e quando estão em sintonia com nossas metas e objetivos, fazem com que não sintamos uma sensação de vazio durante o caminho, que pode nos deixar confusos e sem direção.

Aí é que entra a importância da definição do padrão de vida e rotina. Padrão é aquilo que serve de base ou norma para avaliar a qualidade e quantidade, mas os padrões não devem entrar em particularidades para que não sirvam de barreira a iniciativas que favoreçam seu crescimento e sua liberdade de escolha. Também não estipule padrões para situações eventuais, para que você não tenha a pretensão de que pode controlar tudo e acabar modelando elementos sem relevância e que não são prioritários para que você atinja seus objetivos.

Ao estabelecer um padrão de vida e rotina, pense no seu bem estar e estipule o número de horas que você vai trabalhar por dia. Por que bem estar? Simples, a busca pelo sucesso profissional e financeiro é uma grande jornada e você não vai querer que o estresse seja uma pedra no seu caminho, não é.

Estabeleça um padrão de despesas que você deseja, mas ao mesmo tempo pode manter diariamente, sem gastos exagerados que impeçam a acumulação de pequenas quantias diariamente. Não seja extravagante, mas também não pense em suportar abstinências. Defina seu padrão de alimentação; cosméticos; produtos de limpeza; vestuário; acessórios; cama, mesa e banho; decoração, entre outros que considerar importante. Estabeleça uma verba mensal para despesas com lazer, a qual não deve ser extrapolada, deixando claro o tipo e frequência de lazer que você pode e deseja manter.

O erro que muitas pessoas cometem quando partem em busca de seus objetivos é que, conforme vão galgando certos degraus, conforme vão atingindo certas metas e conseguindo alguns progressos, automaticamente elevam seus padrões de vida, aumentando seus gastos. Assim, não criam reservas, deixam de ganhar mais dinheiro e não investem na continuidade da busca por seu sucesso profissional e financeiro. Deixam de buscar aquele objetivo maior que haviam estipulado inicialmente, parando no meio do caminho, ficando numa situação financeira instável, sendo que poderiam ir muito longe se investissem em seus projetos ao invés de gastar com o aumento de seus padrões de vida antes do tempo correto, por que é claro que quando for a hora certa os padrões deverão ser aumentados, senão, de que adiantaria ganhar bastante dinheiro, mas somente a partir do momento em que seja sustentável.

Ao definir seus padrões, lembre-se que mesmo que comece a ganhar mais dinheiro, estes padrões devem ser mantidos e não elevados, porque a elevação acabará por minar suas reservas. Estipule padrões que sejam aceitáveis por um longo período, até você chegar onde quer.

Para conseguir o que se quer é preciso abrir mão de certas coisas momentaneamente, para se ter muito no futuro, como o conforto por exemplo.

Há pessoas que abrem mão do conforto visando algo maior, mas cometem o erro de queixarem-se aos outros e podemos notar que não existem pessoas bem sucedidas que se fazem de vítimas. Também é preciso não ter pena de si mesmo.

Como já disse, a busca pelo sucesso profissional e financeiro é uma grande jornada. Então, prestando atenção em seu padrão de vida e rotina, você terá melhores chances de chegar lá.

Gostaria de aproveitar esta oportunidade para apresentar o E-Book “O Método do Respeito”, porque não basta o sucesso profissional e financeiro. É preciso cuidar de todas as áreas de nossas vidas.

O Guia do Método do Respeito é um livro que traz para as mulheres segredos sobre os homens e outros conselhos que dão a elas as rédeas da sua vida amorosa. Com o Método do Respeito, qualquer mulher pode obter incríveis resultados no momento da conquistar e de conduzir seus relacionamentos com os homens.

O livro traz técnicas para melhor entender como os homens são na sua essência, suas necessidades e desejos, assim como técnicas para a mulher melhor se comunicar e criar uma conexão profunda com eles. Ainda contém dicas para aumentar as chances de conhecer o homem que ela procura e adotar uma postura que trará benefícios em várias outras áreas na vida dela.

Por final, além da garantia de 30 dias, a cliente poderá contar com 3 Bônus: erros que todas as mulheres cometem; como usar o ego de um homem a seu favor e como aumentar o seu valor aos olhos dele. E ainda poderá tirar dúvidas por e-mail com o autor do livro.

Você pode gostar também: 

Como gerenciar todas as áreas de nossa vida

Como analisar suas atitides e gostos do passado pode revelar seu talento

Como é o meu livro

Capa do livroA idéia de escrever um livro descrevendo minha trajetória em busca da felicidade e os passos que segui para atingir o sucesso profissional e financeiro não é recente.

Ela vem desde quando iniciei outros projetos, nos quais achava que teria sucesso profissional e financeiro, contudo fracassei, ou, por outro lado, aprendi algo muito importante: para ter sucesso profissional e financeiro e ser feliz, em primeiro lugar, deve-se fazer aquilo que se gosta e não tentar buscar metas só porque dizem que você deve ter um objetivo na vida. Era o que ocorria com os meus projetos anteriores.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Mas como você pode descobrir o que gosta e aceitar que aquilo que você tem o faz feliz? Como você pode ter certeza se o que você está gostando neste momento não vai passar e você voltará a uma procura que parece não ter fim? De que forma reter o que você conquista sem medo de perder? Como surge o “insight”, onde você se torna capaz de entender seus problemas e finalmente encontrar uma solução, descobrindo o que deseja fazer pelo resto de sua vida? Afinal, existe realmente algo que as pessoas possam desejar fazer pelo resto de suas vidas, ou tudo depende do momento em que se vive? São questões como estas que procuro responder neste livro, descrevendo minha trajetória em busca da felicidade e os passos que segui rumo ao sucesso profissional e financeiro.

Você perceberá que minhas estratégias funcionaram para mim e poderá aplicá-las em sua vida, se sucesso profissional e financeiro e felicidade é o que você procura, porque convenhamos, existem pessoas que vivem sem objetivos na vida e aceitam que a felicidade é impossível de atingir. Apenas vivem o dia-a-dia sem se importar com estas questões. Contudo, quero enfatizar que não estou criticando estas pessoas, pois cada um tem o direito de fazer da vida o que bem entender.

Houve uma época em que pensei que viveria melhor assim – sem objetivos e vivendo sem realizações – pelo menos não sofreria frustrações. Ainda bem que só pensei. É que tinha um amigo que vivia assim e parecia contente, ao menos parecia.

Também existem pessoas que têm sonhos, mas não estão dispostas a transformá-los em objetivos. Sonhos são coisas que a pessoa deseja, mas não exigem uma busca contínua pelos mesmos. Por outro lado, objetivos tem prazos determinados para serem atingidos. Sonhos não envolvem comprometimento, sendo coisas que as pessoas desejam, mas não sabem se vão realizar. O fato de não saber se vão realizar pode as tornar infelizes. Quantas vezes você já ouviu alguém dizer “é o meu sonho”, mas permanecem estáticas. 

O tempo passa, e algum dia elas vão olhar para traz e pensar que já é tarde para correr atrás de seus sonhos e isso poderá lhes trazer tristeza e resignação. Algumas pessoas não transformam seus sonhos em objetivos, por que têm medo de pagar o preço, achando que será muito alto e não conseguirão atingir. Para atingir nossos objetivos, precisamos acreditar de verdade que temos o poder de conseguir a vida que desejamos e ser plenamente felizes.

Precisamos acreditar de verdade que somos donos de nosso destino. Algumas pessoas acreditam em destino e outras não, mas, se existe destino, precisamos acreditar que nosso destino é ser, ter e nos sentirmos exatamente como desejamos, nada menos que isso, pois merecemos o melhor em todos os aspectos da vida. Mostrarei neste livro que todos podem atingir o sucesso profissional e financeiro e ser feliz, pois cada um tem o seu jeito de chegar lá e a sua noção pessoal de felicidade e sucesso.

Já ouvi dizer que a felicidade é como uma cenoura pendurada por um fio e amarrada em nosso corpo e com algum esforço podemos dar uma mordidinha ora ou outra. Contudo, a cenoura continua, na maior parte do tempo, inacessível e nos fazendo correr atrás dela sem muito sucesso.

Na verdade, não há uma fórmula para a felicidade, pois cada um tem a sua maneira de reagir conforme as situações que surgem na vida, mas existem alguns princípios e conquistas que grande parte da humanidade almeja.

Podemos citar entre estas conquistas o fato de que a grande maioria das pessoas deseja ter uma casa própria, um carro e um bom emprego ou fonte de renda que lhe permita manter estes bens, bem como usufruir de segurança, educação e lazer.

Acredito que existe diversos tipos de sucesso que uma pessoa pode atingir e que a faz feliz, como o sucesso na família, nos relacionamentos, em seu bem-estar, mas, convém ressaltar, antes do início da leitura, que sempre que o leitor encontrar a palavra “sucesso” no decorrer deste livro, diz respeito ao sucesso profissional e financeiro.

Você pode adquirir meu livro clicando neste link: Livro “À procura da felicidade”.

Você pode gostar também dos seguintes artigos: 

Só dinheiro não traz felicidade: é preciso ter outras riquezas além do dinheiro

Só dinheiro não traz felicidadePorquê eu quero o sucesso profissional e financeiro? Se fazer esta pergunta, a princípio, parece algo sem sentido, pois praticamente todos desejam o sucesso profissional e financeiro. Mas nem sempre os dois vêm juntos. Existem pessoas que tem sucesso como profissional, mas sua vida financeira pode não ser sadia. Outras têm muito dinheiro, mas não têm uma profissão de sucesso. Esta é uma pergunta que você deve se fazer antes de buscar atingir seus objetivos. No meu caso, a busca pelo sucesso profissional e financeiro veio a partir de duas coisas que eu desejava: aperfeiçoar meu talento na área gastronômica e ser livre.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Liberdade para mim é pensar em viajar e não ter que contar o dinheiro. É sentir vontade de trocar de carro e não haver nada que me impeça de fazê-lo. É ter um padrão de vida e simplesmente mantê-lo, sem fazer contas para ver se o dinheiro é suficiente. Liberdade para mim também é ser livre de vícios, livre de lembranças do passado que fazem sofrer e livre de idéias fixas que tornam a pessoa bloqueada para novos horizontes.

A liberdade não nasce com a pessoa, é preciso buscá-la. Hoje, a coisa que mais gosto de fazer é viajar. Já fui a diversos países, os quais quando comecei a estudar gastronomia, conhecê-los era um sonho distante, mas naquela época já me imaginava viajando para estes locais.

Assim, cada um tem seus motivos, mas existem muitas pessoas que de uma hora para outra resolvem ganhar muito dinheiro. Em alguns casos, esta vontade súbita vem sem dois acompanhamentos, que considero muito importantes, ou seja, o desejo de tornar realidade um projeto considerado importante por esta pessoa e, obtenção do crescimento pessoal em todos as áreas da vida. Considero estes dois fatores muito importantes para que haja persistência e, principalmente, para que uma pessoa seja persistente em sua busca pelo sucesso profissional e financeiro, é preciso que esta busca esteja relacionada ao seu talento.

O crescimento pessoal também está relacionado ao talento, uma vez que a descoberta do talento faz com que as pessoas mudem e deixem de tomar muitas atitudes que as impedem de realizar seus projetos. Aprimorar o talento é um ótimo motivo para se buscar o sucesso profissional. Por outro lado, com o sucesso financeiro, haverá mais recursos disponíveis para podermos explorar nosso talento ainda mais, e como consequência, a exploração do talento nos proporciona sucesso profissional e financeiro. É um círculo virtuoso, digamos assim.

Desta forma, o motivo para a busca do sucesso profissional e financeiro é um fator muito importante. É necessário encontrar um “porquê” colher os frutos deste sucesso, ou seja, um porquê ganhar muito dinheiro. Acredito ainda que se esse “porquê” têm uma origem negativa, após a aquisição de muito dinheiro, ele poderá não trazer felicidade. Quem já não ouviu aquela frase: “Dinheiro não traz felicidade”. Eu já tenho outra frase: “Só o dinheiro, não traz felicidade”. É preciso que a pessoa tenha outras riquezas além do dinheiro.

Quando se resolve ganhar muito dinheiro sem um motivo claro e importante, esta decisão acaba por se desgastar com o estresse que certamente virá pelo caminho. Ou seja, a pessoa acaba desistindo por não estar pronta para pagar o preço, e na verdade, o preço não se torna muito alto, se houver uma estratégia bem definida e se o trabalho que a pessoa faz para conseguir este dinheiro for realizado com paixão. Nem sempre o trabalho árduo e os sacrifícios são os fatores que levarão ao sucesso profissional e financeiro. Falo isso porque sempre tive uma visão de vida, na qual estes fatores não são imprescindíveis para uma pessoa obter o sucesso. Muitas vezes ouvi pessoas se referirem ao trabalho como “luta”. Se houver este tipo de pensamento, nunca haverá um contentamento pelo trabalho, por mais leve que seja.

Atualmente, o significado da palavra trabalho se refere a um conjunto de atividades produtivas ou criativas, exercidas profissional e regularmente, de forma remunerada, visando atingir certo fim.

Entretanto, a palavra “trabalho” tem origem no vocábulo latino “tripaliu”, que era o nome de um instrumento formado por três paus, empregado para tortura de escravos e pobres que não pagavam seus impostos. Assim, quem trabalhava era destituído de posses. A noção de que trabalhar era ser torturado passou para as atividades produtivas dos camponeses e artesãos e atravessou toda Idade Média. O novo conceito de trabalho passou a ser empregado apenas a partir do século XIV, sendo atribuído ao trabalho atributos como habilidades, talento e faculdades humanas para atingir determinados fins.

Mas pode-se dizer que até hoje, trabalhar em algo que não se gosta é uma tortura. Eu mesmo já atuei em áreas que não gostava e considerava uma tortura as atividades que realizava. Não via a hora de chegar o intervalo de almoço e o momento em que o expediente terminava. Neste tipo de situação é extremamente difícil ou nunca alguém poderá obter o sucesso profissional e financeiro. Se você não trabalha em algo que gosta, se o seu trabalho te faz sofrer, não hesite em trocá-lo.

Durante anos de trabalho na área de gastronomia, pude notar que muitas pessoas entram no ramo apenas porquê encontram uma vaga disponível, e sem outra opção, acabam entrando neste universo profissional. Mas ao iniciar seus trabalhos, e tendo que abrir mão de finais de semanas, feriados, e fazer muitas horas extras, acabam por desistir e ir para outro ramo. Para se manter nesta área é preciso gostar do que se faz, pois desta forma, a pessoa encara os problemas e as dificuldades como algo que “faz parte”, sendo importante também trabalhar tendo um propósito, do contrário, as dificuldades e os problemas levam ao estresse e acaba por resultar em desistência. Isto não apenas na área de gastronomia, mas em todas as áreas profissionais.

Se o trabalho na área de gastronomia for considerado apenas uma fonte de renda para suprir necessidades, em pouco tempo a pessoa irá sair deste ramo, pois para suprir necessidades existem outras áreas que dão menos trabalho.

Há um motivo pelo qual muitas pessoas buscam o sucesso financeiro, ou seja, tem este desejo por que certo dia precisou de dinheiro para fazer algo que tinha vontade e não dispunha deste dinheiro. Neste caso, a pessoa pode ficar irada e decidir ganhar muito dinheiro, trabalhando bastante e economizando o máximo possível. Encontramos um exemplo bem claro naquele filme “E o vento levou”, em que a personagem jurou nunca mais passar fome e começou a trabalhar arduamente até melhorar de vida. Contudo, se a busca pelo sucesso financeiro vier de um momento de ira, acredito que em pouco tempo a ira vai passar e a pessoa voltará para sua vida normal resignada, ou talvez até continue sua busca, mas, creio que pessoas que conquistam abundância embasadas em abstinências e sacrifícios, não conseguem ser felizes após suas conquistas, pois a lembrança do que tiveram que suportar para atingir seus objetivos as deixará muito ligadas aos seus bens, advindo o medo de perder e quando existe medo de perder, não se pode usufruir plenamente do que se conquistou.

Também pode ocorrer que uma pessoa vê na TV ou em uma revista, o status de alguém bem sucedido e acha interessante, decidindo ganhar muito dinheiro para ser como tal pessoa. Em pouco tempo esta vontade também vai passar e a pessoa vai desistir de seu projeto de ganhar muito dinheiro. Em relação à TV e revistas, existe um fator positivo. Ocorre quando a pessoa da TV ou da revista é um profissional talentoso e bem sucedido e se queira transformá-lo em uma referência na busca da potencialização do talento pessoal, uma vez que um empreendedor deve realmente ter um modelo, alguém que o inspire e que mereça sua admiração.

Assim, a falta de um bom motivo para se atingir o sucesso profissional e financeiro, pode levar uma pessoa a perder a persistência. Além disso, sabemos que apenas o dinheiro não basta. É preciso dinheiro e felicidade.

Já estamos falando sobre dinheiro e trabalho, gostaria de indicar um E-Book que tem trazido excelentes resultados para quem atua na área de importação de produtos chineses para revenda. Trata-se do E-Book “Importador Profissional 2.0”.

O Incrível Treinamento “Importador Profissional” é o treinamento mais completo do Brasil direcionado exclusivamente a Importação e revenda de produtos da China.

São 11 Módulos e mais de 6 Bônus em quase 50 vídeo aulas que vão te ensinar todos os segredos para que você possa montar um negócio sólido e muito rentável pela internet.

No curso são ensinadas técnicas que normalmente não são ensinadas por importadores e que permanecem em segredo. Além de dicas praticas para atrair audiência massiva para seu site de vendas.

O curso possui ainda duas garantias incríveis. A primeira de 30 dias. E a segunda que garante que, se você não estiver ganhando pelo menos 5 mil por mês até o sexto mês do treinamento o dinheiro é devolvido.

O E-Book pode ser adquirido clicando-se no seguinte link: Adquirir E-Book

Você pode gostar também: 

Como estabelecer metas e objetivos

Como manter a paixão pelo que fazemos

Como manter a paixão pelo que fazemos profissionalmente

Como manter a paixão pelo trabalhoOutro dia estava assistindo TV e parei para prestar atenção em uma reportagem sobre a diferença entre paixão e amor.

Foi uma série de informações e comentários, mas o que se pôde entender é que a paixão ocorre antes do amor. Inicialmente, na paixão, ocorrem muitas transformações no cérebro da pessoa e uma grande descarga de hormônios. Com o tempo, esta grande descarga é reduzida para pequenas quantidades.

Quando estas pequenas quantidades se mantêm ao longo do tempo, pode-se dizer que se transformou em amor. Mas também pode acabar totalmente.

Deve ser por isso que algumas pessoas se dizem totalmente apaixonadas e depois de algum tempo não sentem mais nada. Segundo a reportagem, para que a paixão não acabe, é preciso fazer pequenas coisas no dia-a-dia que ativem estas pequenas descargas, que futuramente, se transformará em amor.

Estas pequenas coisas seriam telefonemas, mandar flores, fazer declarações, entre outras coisas que, quando se está apaixonado, faz parte do dia-a-dia, mas com o tempo vão diminuindo.

Se for desta forma, acredito que para você manter sua paixão pelo que faz profissionalmente, se faz necessário realizar pequenas coisas diariamente referentes ao seu trabalho. Na verdade, só o trabalho em si já significa fazer algo, mas é preciso também estar sempre estudando novidades na área, participando de cursos e eventos e fazendo viagens de negócios, para que a rotina não se torne um fardo.

Houve um dia em que uma amiga que trabalhava comigo e via minha empolgação disse:

– Paulo, um dia já fui como você. Mas a rotina de anos de trabalho me deixou desanimada. Hoje em dia trabalho apenas pelo salário.

Eu já conhecia esta amiga há um bom tempo e sabia que ela não fazia mais nada além de trabalhar, por isso a rotina lhe trouxe desmotivação.

Como já disse em outro artigo, é preciso afiar nossos machados enquanto percorremos nosso percurso na busca pelo sucesso!

Se você desejar mais informações sobre como manter a paixão pelo seu trabalho poderá encontrar estas informações em meu Livro “À procura da felicidade”.

Como estabelecer metas e objetivos

Como estabelecer metas e objetivosObjetivo é o que você deseja de forma completa, ou seja, a finalização de um projeto que pode ser de curto ou longo prazo. As metas é a divisão deste projeto em pequenas partes e as submetas são coisas a fazer que você pode realizar em curto espaço de tempo, mas a soma de todos estes fatores forma o seu objetivo completo.

Quando descobrimos nosso talento, sentimos que vamos conseguir realizar tudo o que desejamos. Sentimos um grande poder e isso acaba por fazer com que as coisas fluam quase que espontaneamente. Existem diversas pessoas que formulam objetivos bem específicos, traçam metodologias para atingi-los, mas ao final não os alcançam. Existem outras que não formulam objetivos claros, no entanto atingem espontaneamente altos níveis de sucesso que são admirados pelas pessoas metódicas, que seguem passo a passo seus métodos, seus princípios, e não atingem a posição desejada. Mesmo assim, um bom planejamento pode colaborar em muito para que os objetivos sejam atingidos.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Antes de definir seu objetivo de longo ou curto prazo, as metas e sub-metas necessárias para atingi-lo, é importante que você descubra seu talento, pois quando você descobre seu talento, sua mente começa a imaginar as coisas acontecendo. Começa a traçar preferências de como quer que aconteça, mas o acontecer já é uma certeza.

Entretanto é necessário muita disciplina para realizar as tarefas e atingir as metas. Mas o que é disciplina? Pode-se dizer que disciplina é a obediência às regras, aos superiores ou a regulamentos, levando ao bom funcionamento de uma organização e ao bem estar de um grupo de indivíduos.

Em relação à busca pelo sucesso profissional e financeiro, a disciplina é um atributo de grande importância e está mais relacionada à capacidade de manter um foco nas tarefas, visando atingir determinadas metas, sem se desviar e sem perder a motivação.

Acredito que o fracasso ou o sucesso dependem das ações realizadas no dia-a-dia. Pequenas ações realizadas diariamente podem resultar em grandes conquistas.

Em sua caminhada, procure desenvolver uma forma de pensar que lhe favoreça, visualizando como você poderá estar anos à frente se atingir seus objetivos.

Posso afirmar que a maneira como pensamos molda nosso futuro. Não há como escapar. Nosso cérebro está sempre trabalhando, até mesmo quando dormimos. Quando trabalhando ou estudando, utilizamos nosso cérebro para algo produtivo. Quando em atividades de lazer o empregamos para nos divertir. Mas existem momentos em que não estamos executando nenhuma atividade e nestas horas acabamos pensando em coisas que não trazem proveito algum, como por exemplo, ao deitar, esperando pelo sono ou em alguma fila.

Convém ressaltar que precisamos ter cuidado com a disciplina, pois este atributo é útil somente quando em conjunto com os demais princípios da excelência na realização de nossas atividades diárias. A disciplina não pode ser apenas uma maneira de transformar as pessoas em robôs que fazem tudo certinho e organizado na hora certa, mas não se direciona a lugar algum. A disciplina deve ser encarada como mais uma ferramenta e sua utilização somente trará benefícios se houver objetivos e propósitos definidos que gerem motivação.

Se você deseja mais informações sobre como estabelecer metas e objetivos, poderá encontrar em meu Livro “À procura da felicidade”.